terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Quem?

Nem cera, nem mármore, mas apenas carne
Humano calor, divino dizer
Barba por fazer e o resto charme

1 comentário:

poematar disse...

Adorei este poema; simples e belo. Adorei o nome do blogue. Tudo de bom e dá uma volta nopoemar-te.